Inscrição FIES 2018

Inscrição FIES 2018 – Saiba que o financiamento estudantil foi criado com o propósito de ajudar aqueles que não podem pagar por uma faculdade particular e nem conseguiram passar para uma faculdade pública pelo ENEM ou que realmente preferem fazer seus cursos em uma faculdade específica. O próprio logan do site do FIES diz: “Quem acredita em si mesmo, merece o nosso crédito”.

Não conseguiu passar para nenhuma faculdade pública com a sua nota do ENEM e não sabe o que fazer? Gostaria de adentrar uma faculdade particular mas não tem como pagar? Saiba mais sobre o Financiamento Estudantil feito pelo Governo mais especificamente pelo Ministério da Educação.

Aqui você ficará sabendo o que é o, como realizar a inscrição FIES, quais são as novas regras FIES 2018 do financiamento e quais são os documentos necessários para que você se inscreva no sistema.

O que é o Fies 2018?

Fies 2018O Fies é o Fundo de Financiamento Estudantil, que é um programa do Ministério da Educação destinado a financiar a graduação na educação superior de estudantes matriculados em cursos superiores não gratuitos. Podem recorrer ao financiamento todos os estudantes matriculados em cursos superiores que tenham avaliação positiva nos processos conduzidos pelo Ministério da Educação.

  • Como funciona?

Inscrição FIES 2018O FIES 2018 funciona com o seguinte formato: existe uma taxa de juros do financiamento que é de 3,4 % a.a., com um período de carência de 18 meses e com o período de amortização de três vezes o período de duração regular do curso mais doze meses. O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) passou a partir do ano de 2010 a ser o Agente Operador do Programa para contratos formalizados a partir do ano dito.

O percentual de financiamento pode ser para até 100 % e as inscrições FIES 2018 são feitas a partir de um fluxo contínuo, permitindo que o estudante solicite o financiamento em qualquer período do ano.

  • Nova taxa de juros

Inscrição FIES 2018Desde o segundo semestre de 2015, os financiamentos que foram concedidos passaram a ter taxa de juros de 6,5 % ao ano com vistas a contribuir para a sustentabilidade do programa, o que possibilita sua continuidade como política pública de inclusão social e de democratização do ensino superior sendo uma outro alternativa para aqueles alunos que não conseguiram passar para nenhuma faculdade com o ENEM.

O intuito do financiamento é também de realizar um realinhamento da taxa de juros às condições já existente no cenário econômico e ajustar conforme suas necessidades. Existiram muitos boatos que o programa seria extintos, mas só foram boatos, logo em breve a data de inscrição FIES do 2018 estará disponível para novos alunos.

Inscrição FIES 2018

Inscrição FIES 2018Desde 2010 o FIES passou a operar em um fluxo contínuo, que significa que o estudante pode solicitar o financiamento em qualquer período do ano de acordo com a sua necessidade. A inscrição FIES 2018 é realizada pelo Sistema Informatizado (SisFIES). Para solicitar o financiamento, existe alguns passos que devem ser seguidos. Confira:


1° Passo – Inscrição no Sistema de Seleção do Fies (Fies Seleção)

Esse é o primeiro passar para que você efetue sua inscrição FIES. Ele consiste em acessar o SisFIES 2018 e informar os dados solicitados no site abaixo:

Inscrição FIES 2018

No primeiro acesso, o estudante já precisa informar seu Cadastro de Pessoa Física (CPF), sua data de nascimento, um endereço de e-mail válido e cadastrar uma senha que será utilizada pelo estudante sempre que ele acessar o sistema.

Após informar os dados solicitados, o estudante receberá uma mensagem pelo seu endereço de e-mail informando-o a fazer a validação do seu cadastro. A partir deste momento o estudante começará a acessar o FIES Seleção e fará sua inscrição a partir da informação dos seus dados pessoais, curso que deseja fazer e instituição que deseja cursar.


2° Passo – Inscrição no SisFIES

Nessa fase o estudante pré-selecionado deve acessar o SisFIES para efetivar sua inscrição em até cinco dias corridos a contar da divulgação de sua pré-seleção, informando os seus dados de financiamento.


3º Passo – Validação das informações

Depois de concluir a inscrição no SisFIES o aluno deverá validar suas informações na Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA), em sua instituição de ensino, em até dez dias contados a partir do dia imediatamente posterior ao da conclusão da sua inscrição.

O CPSA é o orgão responsável pela validação das informações prestadas pelo candidato no ato da inscrição na instituição de ensino.


4º Passo – Contratação do financiamento

Após a validação das informações, o estudando, e se for o caso, seu(s) fiador(es) deverão comparecer a um agente financeiro do FIES em até dez dias, contados a partir do terceiro dia últil imediatamente subsequente à data de validação da inscrição pela CPSA, para formalizar a contratação do financiamento.

Na hora de fazer sua inscrição no SisFIES o aluno escolhe a instituição bancária, assim como sua agência, sendo o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal os atuais Agentes Financeiros do Programa.

Novas regras

Inscrição FIES 2018Existem novas condições de pagamento do FIES aos contratos firmados a partir do segundo semestre de 2015. A fase de utilização é que durante o período de duração do curso,o estudante pagará, a cada três meses, o valor máximo de cento e cinquenta reais referente ao pagamento de juros incidentes sobre o financiamento.

A fase de carência é a fase após a conclusão do seu curso, onde o estudante terá dezoito meses de carência para recompor seu orçamento. Neste período, o estudante começará a pagar, a cada três meses, o valor máximo de cento e cinquenta reais.

A fase de amortização é quando for encerrado o período de carência e o saldo devedor de estudante deverá ser parcelado em até três vez o período financiado da duração regular do curso.

Documentos necessários

Inscrição FIES 2018Após concluir a inscrição FIES o estudante deverá procurar a Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) em sua instituição de ensino e validar as informações prestadas, como já dito anteriormente.

Logo a seguir iremos citar todas as documentações que deverão ser apresentadas tanto na CPSA e no banco que irá financiar. Veja:

  • As documentações que deve ser apresentada na CPSA são:

01- Documento de identidade do estudante, fiador(es), cônjuge do estudante, cônjuge(s) do(s)fiador(es), representante legal e procurador;


02- CPF em situação regular no Cadastro de Pessoas Físicas da Receita Federal do Brasil do estudante, e fiador(es);


03- CPF do cônjuge do estudante, cônjuge(s) do(s) fiador(es), representante legal e procurador;


04- Certidão de casamento do estudante e fiador(es), se casados;


05- Comprovante de residência, do estudante e fiador(es);


06- Comprovante de rendimento do(s) fiador(es).


Após a validação das informações pela CPSA a documentação que deve ser apresentada à instituição bancária devem ser:

  • Documentos do aluno:

01- Documento de Regularidade de Inscrição (DRI) emitido pela Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento do FIES (CPSA);


02- Termo de concessão ou de atualização do usufruto de bolsa parcial do ProUni, quando for o caso;


03- Documento de identificação;


04- CPF próprio e, se menor de 18 anos de idade não emancipado, CPF do seu representante legal;


05- Certidão de casamento, CPF e documento de identificação do cônjuge, se for o caso;


06- Comprovante de residência.


07- Documentos do fiador (no caso da opção por fiança convencional ou fiança solidária).


  • Conclusão

Inscrição FIES 2018O importante é estar atento aos prazos da inscrição FIES 2018 e aos documentos necessários, que são muitos, como já foi visto, e saber se você é um candidato ideal para utilizar o financiamento estudantil e se valerá apena.

Agora basta você acompanhar no site do portal do MEC, as inscrições FIES vão começar para que você possa acompanhá-las e tirar suas dúvidas se caso mesmo depois de ler este artigo ainda tenha alguma. Mesmo assim se tiver ainda alguma, basta deixar um comentário abaixo que responderemos assim que possível. Boa sorte!